A minha jornada da heroína

fullsizeoutput_7ce6.jpegSão três anos que migramos, três anos que deixei muito da minha vida para acompanhar a carreira do meu marido. Foram dois países, 5 mudanças, muitas pessoas que conhecemos, novas línguas, muitas conquistas, projetos finalizados, outros que não saíram do papel e claro muita saudade.

E a saudade não é só das pessoas que amamos, dos lugares que nos sentíamos aconchegados, mas no meu caso também é da minha profissão, da minha independência financeira. Saudade que às vezes pode tomar proporções maiores, abalando minhas escolhas, minha autoestima. Nessas horas, temos que respirar, olhar para nossas conquistas, honrar nossa jornada.

Mas chegar até aqui não foi um caminho fácil, a situação financeira de cada um dita como gastamos nossso tempo, o que comemos, como nos vestimos e como vivemos nossas vidas. Quando ocorre uma mudança como a nossa em que um para de trabalhar, alguns ajustes precisam ser feitos, desde qual a carne comeremos até onde passaremos nossas férias, e também acordos como o de respeitar as compras do outro. Como não estamos mais nos tempos das nossas avós em que parte do dinheiro da feira era escondido do marido, temos que trazer esse assunto à mesa.

Por honrar minha caminhada até aqui, minha jornada como profissional no mercado financeiro aliando com tudo que aprendi nessas mudanças, começo o  #projetorainhadeouros.

Esse é um projeto de acolhimento e muita empatia para ajudar e inspirar esse tanto de mulher que por algum motivo ou outro deixou sua carreira, ou para quem precisa de uma inspiração para tomar as rédeas da vida financeira própria ou familiar. Não basta só ter uma remuneração para podermos alcançar nossos objetivos, precisamos perder a vergonha de falar sobre dinheiro, fazer pequenas escolhas diárias e incorporar algumas rotinas.

Quero agradecer muito às pessoas que me acompanharam nessa jornada, ainda mais nesses 3 últimos anos. Muito obrigada ao meu marido, minha família, meus amigos, minha terapeuta, minha coach e Eliana Rigol (@maternitylivre) que plantou essa sementinha no nosso bate papo filosófico.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s